O prefeito ACM Neto anunciou nesta sexta-feira (5) a prorrogação em uma semana das medidas restritivas no bairro de Pernambués. Desde o último sábado (30), os estabelecimentos comerciais que não considerados essenciais estão proibidos de abrir as portas na região. Equipes da prefeitura também realizam testes rápidos e promovem a limpeza de áreas públicas, o que inclui ações de combate ao Aedes Aegypti.

Além de Pernambués, as medidas restritivas mais rigorosas estão em vigor nos bairros de Peiriperi, Cabula, Beiru/Tancredo Neves, Paripe, Lobato, São Marcos e Fazenda Grande do Retiro. Segundo o prefeito, outras duas áreas podem ser incorporadas na lista a partir da próxima semana.

“Não temos dúvida que este é o melhor caminho. A prefeitura não tem como fiscalizar a cidade toda em um só tempo. Temos que ter foco específico nas áreas que estão trazendo maiores riscos. Ao invés de tratar igualmente desiguais, vamos tratando desigualmente os desiguais. É melhor fechar por 15 dias um bairro do que a cidade toda. Acho que a estratégia está sendo exitosa. Se possível, queremos ampliar. Temos duas regiões que estão trazendo preocupação. Na próxima semana posso anunciar as medidas nessas duas regiões”, afirmou o prefeito.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), Salvador possui 13.745 casos confirmado de coronavírus, o que corresponde a 59% dos mais de 23 mil infectado da Bahia. O boletim aponta ainda que 535 pessoas morreram em decorrência da doença na capital baiana.

Compartilhar