Um ação conjunta da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) e do Ministério Público Estadual (MP-BA) prendeu, na manhã desta sexta-feira (9), em Seabra, região da Chapada Diamantina, dois investigadores da Polícia Civil da Bahia suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas.

A prisão foi realizada por uma força tarefa liderada pela Corregedoria Geral, após a Justiça expedir mandados contra a dupla. Além dos investigadores, um terceiro homem, que não é policial, e que é suspeito de integrar o grupo, foi capturado por ordem judicial. Um quarto suspeito de participar da organização criminosa também foi preso na ação, após ser flagrado com drogas.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a ação cumpriu ainda sete mandados de busca e apreensão em imóveis ligados ao grupo.

Duran a operação, foi apreendida uma quantidade de maconha — Foto: Divulgação/SSP-BA

Duran a operação, foi apreendida uma quantidade de maconha — Foto: Divulgação/SSP-BA

Nos locais, equipes da SSP e do MP encontraram uma arma de fogo, munições, veículos e uma certa quantidade de maconha. Todo o material foi apresentado, na Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Seabra e passará por perícia.

Os investigadores serão encaminhados para Salvador e ficarão custodiados na Corregedoria da Polícia Civil.

Além de equipes da SSP e MP, participaram também da operação interagências cerca de 60 policiais civis e militares.

Compartilhar