Operação da PF apura desvios do Fundeb em 18 cidades baianas

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta segunda-feira, 13, a Operação Águia de Haia, com o objetivo de cumprir 96 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão preventiva em 18 municípios da Bahia, um em Minas Gerais e um em São Paulo. Participam da operação 450 policiais federais.

20102013_policia-federal

Segundo informações da PF, a organização criminosa investigada forjava licitações para desviar recursos federais do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Somente nas cidades baianas, o montante desviado atinge a quantia de R$ 57.173.900,00.

A quadrilha iniciou as atividades criminosas em São Paulo, passou por Minas Gerais e, em 2010, se estabeleceu na Bahia. A PF investigou as ações realizadas até 2014.

Os responsáveis pelas fraudes serão indiciados por crimes licitatórios, corrupção ativa e passiva e formação de quadrilha, entre outros delitos.

Compartilhar