Ana Arraes questiona morte do filho Eduardo Campos, conta amiga da família

Profundamente abatida e inconformada com a morte inesperada do filho Eduardo Campos na última quarta-feira (13) em um acidente de avião no interior paulista, a ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, questionou a amigos e parentes porque o filho foi a vítima da tragédia.

“Meu filho tão amado e querido por todos, tão bonito. Por que ele e não eu, que já cumpri minha tarefa?”, disse Ana Arraes, conforme relato feito pela amiga Leda Alves, secretária de Cultura do Recife.

A ministra do TCU chegou no início da noite à casa da família do filho para participar de uma missa em intenção do candidato à Presidência da República pelo PSB. A celebração é acompanhada por parentes, amigos e políticos.

 

Compartilhar