Por: Henrique Brinco

O Partido Novo abriu um processo seletivo para definir quem será o candidato a prefeito de Salvador. O presidente estadual da sigla, Francisco Calmon, confirmou que a sigla já possui cerca de 20 inscritos para a corrida pelo Palácio Thomé de Souza. “Não conseguimos ainda aprovar nomes. Foi próximo de 20 inscritos para a majoritária e temos muito mais para a proporcional”, declarou. Os nomes dos inscritos não foram divulgados. A sigla possui cerca de 2500 filiados na Bahia.

Todos os pré-candidatos escolhidos na agremiação precisam passar por um processo seletivo de três etapas do partido, “que afere a idoneidade e o preparo do postulante para gerir o município”.

Nacionalmente, o Novo quer mirar em cerca de 60 municípios e escolher seus candidatos a dedo. A inscrição chega a custar R$ 4.000 nas principais capitais. O partido confirmou que não utiliza de verbas públicas como o fundo eleitoral e o fundo partidário para financiamento de campanhas e do dia-a-dia partidário.

No início da semana, a cúpula da sigla foi recebida pelo presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Jr., após a sessão que abriu formalmente os trabalhos da Casa neste ano. Na ocasião, Francisco Calmon entregou uma carta de apresentação do partido a Geraldo Jr., acompanhado de filiados que passam pelo processo seletivo para escolha de candidatos a vereador. O texto, além de apresentar a agremiação, pede que os trabalhos na Câmara continuem com celeridade e eficiência, prezando pelo erário público e pelo bem da cidade. Durante o encontro, o Novo confirmou ao presidente que participará pela primeira vez das eleições municipais em Salvador com uma chapa de candidatos à vereança.

“Todos os nossos candidatos passam por um rigoroso processo seletivo para atestar que são qualificados para o serviço público temporário que é um mandato. Queremos renovar as cadeiras da Câmara Municipal de Salvador com gente qualificada”, disse Calmon.

Geraldo Jr. se mostrou bastante curioso e disposto a conhecer o funcionamento do Novo e convidou o partido a se apresentar para a sociedade na tribuna popular, momento em que o púlpito da Câmara Municipal de Salvador fica aberta para a sociedade civil fazer discursos públicos. O partido aceitou o convite e irá apresentar suas intenções para a cidade.

Compartilhar