Semana da Síndrome Alcoólica Fetal é proposta de Suíca na Câmara de Vereadores

Com intuito de mobilizar sociedade e órgãos do poder público de Salvador, o vereador Suíca (PT) apresentou ontem (26), no Diário Oficial da Câmara, o Projeto de Indicação (Nº. 122/15) que propõe ao Executivo a inclusão da Semana da Síndrome Alcoólica Fetal (SAF) no calendário oficial do município. A data pode ser um marco para discutir sobre os efeitos da ingestão de álcool no desenvolvimento do bebê, feita por mulheres durante a gravidez.

Fotolog3

Suíca apresentou dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) que estima o nascimento de 12 mil bebês com a Síndrome a cada ano no mundo. Conforme levantamento de informações junto à OMS, o consumo de álcool por mulheres grávidas pode provocar distúrbio fetal e, com um tempo, problemas de comportamento psicossocial, falta de crescimento, desfiguração facial e retardamento mental às crianças. Ainda de acordo com o texto, discorrendo laudos técnicos, o álcool é citado como uma substância de livre absorção pela placenta, passando livremente para o feto, podendo aumentar, inclusive, o risco de aborto espontâneo – os números chegam a dobrar nos casos envolvendo gestação afetada pela SAF.

O vereador propõe que, na primeira semana do mês de setembro de cada ano, sejam feitas campanhas de conscientização à população em bares, hotéis, restaurantes e similares, mediante afixação de cartazes, outdoors, distribuição de panfletos, bem como a realização de palestras, seminários e divulgação sobre o tema na imprensa.

De acordo com Suíca, o projeto se baseia numa realidade vivida pela população em todo o mundo na qual os hábitos sociais da mãe influenciam diretamente nas condições de saúde do bebê. “Não podemos ficar omissos para esse tipo de situação por se tratar de um problema em ordem de saúde pública e que está inteiramente associada à falta de informação e atuação de nós, representantes da população, para prevenir casos incidentes e que está no cotidiano das pessoas de Salvador”, aconselha.

Compartilhar