ACM Neto não descarta apoiar Elmar para presidente da Câmara

O prefeito ACM Neto afirmou ontem que não descarta apoiar Elmar Nascimento para presidente da Câmara, mas ressaltou que ainda é cedo para discutir o assunto

A sucessão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), continua na pauta do Legislativo. Segundo informações da coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo, líderes de partidos de centro e centro-direita já se movimentam para ganhar apoio e viabilizar candidaturas que sejam competitivas ao ponto de atraírem o grupo que garantiu a recondução do democrata ao posto.

Ainda de acordo com a publicação, o Progressistas tem dois nomes no páreo: o líder da legenda, Arthur Lira (AL), e Aguinaldo Ribeiro (PB). Se houver um consenso interno, será preciso convencer nomes de outras legendas, como o Republicanos (ex-PRB), que hoje sonham com o posto. Já no Democratas, uma ala da sigla defende que, apesar da aliança com o PP, a legenda apresente o nome de seu líder da Casa, Elmar Nascimento, como opção para o posto. O mandato de Maia vence no final de 2020. O democrata chegou pensar numa manobra que permitisse a reeleição, mas desistiu da ideia.

O prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, foi questionado sobre o assunto ontem, durante a inauguração da obra de requalificação da Avenida São Cristóvão, em Salvador. Ele disse que está cedo para tratar da sucessão do presidente da Câmara dos Deputados. Questionado se a candidatura de Elmar Nascimento está nos planos da sigla, o gestor afirmou que ainda é cedo para discutir o assunto.

“Não posso descartar essa hipótese, mas está tendo essa especulação por parte da imprensa. Nós estamos encerrando o ano de 2019, próximo ano não tem eleição no Legislativo. Agora, Elmar Nascimento mostrou ser um grande líder da nossa bancada e reúne as melhores condições para, se por acaso houver essa hipótese, de apresentar o nome como um postulante à presidência da Câmara, faremos, mas esse é um assunto que não estamos tratando nem poderíamos pela distância, isso só vai acontecer em fevereiro de 2021″, afirmou.

Elmar tem aparecido com mais frequência na bolsa de apostas para a eleição na Câmara dos Deputados. Polêmico, o baiano protagonizou cenas importantes ao longo de 2019 – sobretudo quando decidiu abrir fogo e tecer duras críticas contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Nos bastidores, o PP ventila que havia um acordo com o DEM para apoiar Lira na sucessão de Maia.

Compartilhar