Morre segunda vítima de acidente com aeronave que caiu no sul da Bahia; oito feridos seguem internados

Queda de avião aconteceu em Barra Grande, na quinta-feira (14). Oito pessoas permanecem internadas no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador.

Morreu na noite deste sábado (16), em Salvador, a segunda vítima do acidente com um jato executivo que caiu em Barra Grande, distrito que pertence a Maraú, no baixo sul da Bahia, ocorrido na quinta-feira (14). A informação foi confirmada pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Maysa Marques Mussi, de 27 anos, estava internada no Hospital Geral do Estado (HGE), na capital baiana, após ser transferida do Hospital do Subúrbio, neste sábado, onde estava internada desde o dia do acidente. Não há informações sobre o sepultamento dela.

O acidente, que aconteceu na quinta-feira (14), na pista de pouso de um resort de luxo que está desativado, já havia causado a morte da irmã de Maysa, a jornalista Marcela Brandão Elias, de 37 anos. O corpo dela, que ficou carbonizado, foi levado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus.

Os peritos aguardam exames solicitados à família da vítima para fazer a identificação oficial por meio da arcada dentária, para, em seguida, liberar o corpo.

Marcela Elias (à direita) e Maysa Marques Mussi (à esquerda) — Foto: Reprodução/ Instagram

Marcela Elias (à direita) e Maysa Marques Mussi (à esquerda) — Foto: Reprodução/ Instagram

Maysa casou com Eduardo Mussi em setembro, na cidade de Itacaré, no sul da Bahia. O marido dela, que está internado no Hospital Geral do Estado (HGE), é irmão do deputado federal licenciado Guilherme Mussi.

Entre os padrinhos do casamento de Maysa e Eduardo estão a atriz Marina Ruy Barbosa e o marido, o empresário e piloto da Stock Car, Alexandre Negrão. A festa contou a presença de famosos como Carol Celico e o casais Elaine Mickely e César Filho e Roberto Justus e Ana Paula Siebert.

Compartilhar