Sessão especial destaca legado conservador de José Bonifácio

Atividade na Câmara celebrou os 200 anos do retorno ao Brasil do Patrono da Independência

A Câmara Municipal de Salvador realizou, na noite desta quarta-feira (13), no Plenário Cosme de Farias, uma sessão especial para celebrar os 200 anos do retorno de José Bonifácio de Andrada e Silva ao Brasil. A atividade legislativa foi requerida e dirigida pelo vereador Alexandre Aleluia (DEM), admirador do Patrono da Independência.

Em seu discurso, o legislador destacou a história de Bonifácio, classificando-o como um “verdadeiro conservador”. “Sempre pautei o meu mandato através de uma linguagem saudável, comunicando a todos claramente o que eu defendo: a ordem moral, o cristianismo, o bem, o belo, a verdade, as coisas permanentes e tudo aquilo que resiste aos testes do tempo”, afirmou Alexandre Aleluia.

“Por isso estamos aqui, hoje, tentando restaurar a imaginação moral e a tradição do espírito brasileiro e soteropolitano; a imaginação moral para idealizar um político virtuoso, pois falta-nos, e muito, referências nos dias de hoje”, justificou o vereador.

“Bonifácio era um verdadeiro conservador que reformava conservando. Não era um reacionário, muito menos um revolucionário. Era baseado acima de tudo na virtude da prudência. Era o nosso Edmund Burke”, ressaltou Alexandre Aleluia.

Considerado uma das grandes vozes da direita nacional, o professor Rafael Nogueira, docente no Instituto Borborema e no Brasil Paralelo, também falou sobre a importância de Bonifácio. Ele agradeceu o convite do vereador Alexandre Aleluia e proferiu uma aula no plenário da Câmara Municipal.

Patriarca

“Obrigado vereador Aleluia pela oportunidade de falar em uma Casa tão antiga e tão nobre. Uma oportunidade de trazer a memória de José Bonifácio. […] O sonho do nosso Patriarca da Independência era fazer o maior país do mundo. Bonifácio dizia que a monarquia brasílica faria as maiores páginas da história futura do universo”, exaltou Nogueira.

“Pelo menos essa visão nós temos que compartilhar com ele, porque o Brasil tem potencial, mas não consegue dar os seus passos. Estou aqui como um combatente contra a amnésia histórica. Estou aqui para fazer com que José Bonifácio retorne às nossas memórias”, concluiu o professor.

Além do vereador Aleluia e do professor Nogueira, também compuseram a mesa de trabalho da sessão especial os professores Higor Monteiro, presidente do Grupo Virtude Spiritus, Daniel Reutimann e Osvaldo Bastos Neto.

Compartilhar