Alexandre Aleluia critica homenagem a Marighella: “Nem originalidade intelectual tinha”

O vereador Alexandre Aleluia (PSDB) criticou a realização da sessão

O vereador Marcos Mendes (PSOL) realizará, na próxima segunda-feira (4), às 18h, a sessão especial em homenagem ao guerrilheiro comunista Carlos Marighella. A data é associada aos 50 anos do assassinato do terrorista.

“Celebraremos a vida de Carlos Marighella”, afirma Marcos. A sessão contará com a presença de Carlinhos Marighella, que para o vereador é o grande guardião do legado do pai.

O vereador Alexandre Aleluia (DEM) criticou a realização da sessão. “Além de ter um manual para ensinar atrocidades psicopáticas, nem originalidade intelectual tinha: imitou “Comunismo e Terrorismo” de Trotski e transformou em uma versão “Para idiotas”, declarou Aleluia em seu Twitter.

Compartilhar