Crise? Cai de 54 para 31 total de brasileiros entre bilionários da ‘Forbes’

O número de brasileiros com pelo menos US$ 1 bilhão encolheu novamente, segundo a revista “Forbes”: tinha caído de 65 em 2014 para 54 em 2015 e, agora, baixou para 31.

O brasileiro mais bem posicionado é, novamente, Jorge Paulo Lemann, com fortuna estimada em US$ 27,8 bilhões (cerca de R$ 110,2 bilhões). Ele continua subindo no ranking: passou de 26º, em 2015, para 19º mais rico do mundo neste ano.

A lista foi divulgada no site da revista norte-americana nesta terça-feira (1º).

A menor presença de brasileiros acontece por causa da desaceleração da economia do país. Soma-se a isso o fato de o dólar estar mais valorizado em relação ao real; assim, fica mais difícil juntar US$ 1 bilhão.

Os dez brasileiros mais ricos:
Jorge Paulo Lemann (subiu de 26º para 19º no ranking global)
Fortuna estimada em US$ 27,8 bilhões
Joseph Safra (subiu de 52º para 42º no ranking global)
Fortuna estimada em US$ 17,2 bilhões
Marcel Herrmann Telles (subiu de 89º a 68º no ranking global)
Fortuna estimada em US$ 13 bilhões
Carlos Alberto Sicupira (subiu de 110º a 87º no ranking global)
Fortuna estimada em US$ 11,3 bilhões
Eduardo Saverin (passou de 330º a 188º no ranking global)
Fortuna estimada em US$ 6,2 bilhões
João Roberto Marinho (caiu de 165º para 351º no ranking global)
Fortuna estimada em US$ 4,3 bilhões
José Roberto Marinho (caiu de 165º para 351º no ranking global)
Fortuna estimada em US$ 4,3 bilhões
Roberto Irineu Marinho (caiu de 165º para 351º no ranking global)
Fortuna estimada em US$ 4,3 bilhões
Abilio dos Santos Diniz (caiu de 369º para 477º no ranking global)
Fortuna estimada em US$ 3,4 bilhões
Jorge Moll Filho (subiu de 1.054º para 569º no ranking global)
Fortuna estimada em US$ 3 bilhões

Ranking nacional e internacional
A revista norte-americana “Forbes” divulga o ranking mundial de pessoas com mais de US$ 1 bilhão.

Já a versão nacional, da “Forbes Brasil”, divulga uma lista com os brasileiros com mais de R$ 1 bilhão, com a fortuna em reais. A última versão deste ranking saiu em agosto.

Compartilhar