Homem que decapitou a namorada revela ‘acesso de ódio’ em depoimento; casal estava junto há 7 anos

Renato Guilherme da Silva, de 24 anos, o homem que foi preso após confessar que havia decapitado a namorada após uma briga por ciúmes, revelou em depoimento que cometeu o crime em um “acesso de ódio”. O crime aconteceu na madrugada da última quinta-feira, na cidade de Angelim, no Agreste de Pernambuco, e chocou o país.

Segundo o depoimento de Renato, ele e Patrícia Pereira da Silva, de 20 anos, namoravam há mais de 7 anos, desde a adolescência. O relacionamento começou a ficar estremecido há cerca de três anos.

PM-prende-acusado-de-decolar-companheira-em-Angelim— Ele afirma que de três anos para cá ela começou a se interessar por outra pessoa e isso foi gerando brigas e mais brigas por ciúme. Na noite em que houve o crime(18/03), eles estavam na festa de São José, padroeiro da cidade, e começaram a discutir porque a pessoa com quem ela estaria se relacionando também estaria na festa – disse o delegado responsável pelo caso, José Renivaldo Pinto.

Ainda no depoimento, Renato afirmou que a briga continuou quando o casal voltou para casa, onde a mãe de Patricia também morava. Na discussão, a jovem teria decidido terminar o relacionamento.

— Segundo ele, quando estavam nos fundos da casa, ela teria terminado o namoro e dito que queria ficar com o outro rapaz. Então, ele disse no depoimento que, num acesso de ódio, pegou uma faca que estava em cima do tanque e agrediu Patricia, finalizando com a decapitação – comentou o delegado.

patricia2

A mãe de Patricia não conseguiu intervir pois é deficiente visual. Após o crime, Renato foi até a casa dos pais, que fica na mesma rua, e disse: “Chamem a polícia, porque eu matei Patrícia”. O rapaz fugiu de moto em direção à zona rural e ficou escondido em canaviais próximos à divisa entre Pernambuco e Alagoas.

Neste sábado, Renato voltou à casa dos pais e pediu para que eles chamassem a polícia pois queria se entregar. Ele está preso no presídio de Garanhuns, onde aguarda julgamento.

Compartilhar