PM é baleado durante confusão por causa de som alto em Brotas

Homens cercaram o soldado e tentaram pegar sua arma

O soldado da Polícia Militar Luiz Flaviano Brito Gomes foi alvejado por um disparo de arma de fogo por volta das 21h deste sábado (31) no trabalho enquanto atuava em uma ocorrência de denúncia de som alto no Condomínio Horácio Costa, final de linha de Campinas de Brotas.

Segundo a Polícia Militar informou, em nota, o soldado integrava uma equipe da 26ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) que foi acionada para atender a denúncia referente ao alto volume do som. Os militares, ao chegar no local, identificaram o alto volume e ainda que o motorista estava obstruindo a passagem dos moradores.

Os militares, então, determinaram que o suspeito, Máximo Vinicius dos Santos Figueiredo, 38, retirasse o carro da via e desligasse o som, mas a ordem não foi atendida pelo homem. Máximo é morador do condomínio, segundo vizinhos informaram neste domingo (1º).

De acordo com o registro, após ser repreendido e receber voz de prisão, o homem agrediu um dos policiais e houve luta corporal.

” Ao receber voz de prisão, ele resistiu e investiu contra a guarnição. Momento em que, várias outras pessoas também investiram contra o policial tentando, inclusive lhe tomar a arma de fogo. Na ação, um pm fez disparo atingido um indivíduo e o outro militar”, afirmou a PM, em nota.

Ambos foram socorridos, o policial para o o Hospital Geral do Estado (HGE) e a outra pessoa para o Hospital Jorge Valente. De acordo com a PM o militar permanece em atendimento médico, sob observação e não corre risco de morte.

Máximo foi atingido no antebraço esquerdo e o PM no braço esquerdo.  Não há informações sobre o estado de saúde de Máximo.

 A administração do residencial não foi localizada pela reportagem.

O caso será investigado internamente pela Polícia Militar e também pela Polícia Civil, que ainda não se pronunciou sobre o caso.

A Semop (Secretaria Municipal de Ordem Pública), responsável pela fiscalização sonora, informação que não havia sido acionada. Por isso, não foi até o local onde aconteceu o problema.

Compartilhar