Shopping Paralela assina acordo com MP sobre segurança do estacionamento

Estabelecimento diz que obras foram concluídas e se responsabiliza por laudo

O Shopping Paralela firmou nessa segunda-feira (29) um acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA) assumindo o compromisso de garantir a segurança e estabilidade do seu estacionamento.

No Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado, o shopping afirma que as obras de reparo do piso do pavimento G2 já foram concluídas. O piso apresentou ondulações e fissuras no começo do ano. O local já está aberto para passagem de veículos.

De acordo com o TAC, o shopping se responsabiliza pelas informações apresentadas em um laudo técnico que afasta risco de comprometimento da estrutura do estabelecimento.

A Unime, que tem unidade no shopping, também firmou acordo com o MP. A instituição de ensino se comprometeu a providenciar o alvará da Vigilância Sanitária (Visa) para o espaço que é locado no shopping para suas aulas.

Interdição
Em março deste ano, parte do estacionamento do shopping foi interditada para realização de obras de nivelamento do piso. No dia 15 de fevereiro, o shopping foi notificado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) após denúncias de que o chão estava ‘ondulado’.

O Ministério Público recomendou, no dia 26 de fevereiro, com urgência, a paralisação das obras no Shopping Paralela. De acordo com o órgão, a faculdade Unime estava sendo construída no terceiro pavimento do espaço, o que pode causar danos à estrutura.

Ainda segundo o MP-BA, o documento, assinado pela promotora de Justiça Joseane Suzart, foi encaminhado à Unime, à Codesal (Defesa Civil de Salvador) e à Sedur.

O órgão estadual pediu que fossem paralisadas as atividades que aconteciam em locais de risco dentro do shopping e o isolamento das áreas indicadas. A promotora solicitou, também, que a administração apresente documento que garanta a segurança do local.

Compartilhar