Juazeirense é goleada pelo Brusque e não sobe para a Série C

Cancão tentava 'bate-volta' para a terceira divisão

Neste domingo (21) a Juazeirense tentou concretizar um inédito bate-volta, mas não conseguiu retornar à Série C do Campeonato Brasileiro. Jogando em Santa Catarina, o Cancão de Fogo acabou goleado pelo Brusque pelo placar de 4×0 e caiu nas quartas de final da Série D.

A equipe baiana tinha a vantagem na eliminatória por ter vencido o duelo de ida, no Estádio Adauto Moraes, na última segunda-feira (15) pelo placar de 1×0. No jogo da volta, Júnior Pirambu marcou dois gols para o time da casa no primeiro tempo, sendo um deles de pênalti.

Fio e Jefferson Renan, já no segundo tempo, fecharam a goleada do Brusque. Nas semifinais o time catarinense, já garantido na Série C de 2020, vai pegar o Ituano-SP. Na outra eliminatória da competição o Jacuipense, time baiano que conquistou o acesso neste domingo, vai enfrentar o Manaus.

A Juazeirense jogou com Gleibson, Rodriguinho, Emílio, Emersone Cesinha; Waguinho, Iran, Ewerton (Nino) e Clebson; Toni Galego (Jeam) e Gustavo Balotelli (Willian). Técnico: Maurílio Silva.

O Cancão de Fogo terminou a Série D invicto em Juazeiro, com cinco vitórias, todas por 1×0, e um empate em 1×1. Fora de casa, o Juazeirense não ganhou uma partida sequer. Foram três derrotas e três empates.

Em 2017 a Juazeirense tornou-se o primeiro time baiano a conquistar uma vaga na Série C por meio de acesso na Série D. Em 2018 a equipe acabou rebaixada como penúltima colocada no Grupo A.

Compartilhar