Oposição reage após a fala do governador sobre mudança previdenciária

O deputado estadual Targino Machado criticou a declaração do governador Rui Costa

Após o governador Rui Costa (PT) cogitar mexer novamente na aposentadoria dos servidores estaduais, o líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o deputado estadual Targino Machado (DEM), criticou a declaração do petista. Para o democrata, Rui não faz o dever de casa de ajustar as contas do estado e desconta o “desgoverno” nos funcionários públicos. “Além de desvalorizar os servidores estaduais, congelando os salários, Rui ainda vem com essa. Tudo é feito sem diálogo e de forma completamente truculenta por esse governador que é o pesadelo dos servidores”, disse o parlamentar. No ano passado, o governo já tinha aumentado de 12% para 14% a alíquota de contribuição previdenciária para os funcionários do estado.

“Agora, menos de um ano depois, Rui já fala em novas mudanças. Isso é falta de gestão, de planejamento. E o pior: o governador que colocar na conta do servidor um rombo na Previdência estadual de R$ 4 bilhões”, reclamou.  “Engraçado é que o governador se deu conta de que precisava tomar alguma medida após as eleições, mas fugiu do debate durante a campanha. Assim que foi reeleito, apresentou seu ‘pacote de ruindades’. Esse é um típico caso de estelionato eleitoral. O governador chegou às eleições pensando que era Deus. O povo deu a ele uma vitória avassaladora. E agora não está pensando mais, ele se julga o próprio Deus. O problema é que Deus nunca praticou estelionato, mas ele é estelionatário político”, acrescentou.

Sobre a declaração de Rui Costa de que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) não confirmou presença na inauguração do aeroporto de Conquista na próxima terça-feira, o prefeito da cidade, Herzem Gusmão (MDB), afirmou que o avião presidencial aterrizará às 10h. “Todo o evento está sendo concebido pelo Cerimonial da Presidência da República em sintonia com o nosso gabinete. Agradeço a ACM Neto pelo envolvimento nestes preparativos”, declarou o emedebista. Segundo Herzem Gusmão, está sendo realizada também uma articulação para o despacho de pleitos do Sudoeste da Bahia e do Norte de Minas Gerais junto ao presidente da República.

Compartilhar