Geraldo Júnior lamenta morte de João Gilberto

Apreciador da Bossa Nova, o presidente da Câmara de Salvador, vereador Geraldo Júnior (SD), lamentou a morte do cantor baiano João Gilberto, de 88 anos.

“Um artista excepcional, completo, que revolucionou a história da música brasileira ao criar um ritmo único que consquistou todo o país no final da década de 1950”, afirmou.

João Gilberto coleciona grandes sucessos como “Chega de Saudade”. Com seu violão influenciou toda uma geração de músicos. Dotado de ouvido absoluto, capaz de identificar cada nota musical, se tornou um artista excêntrico. “João Gilberto era um gênio. Mas sua genialidade vai continuar viva e sendo uma referência para todos nós através de sua obra. A música brasileira deve muito a João Gilberto. Que ele descanse em paz”, concluiu Geraldo Júnior.

Compartilhar