ONDINA: Jovem é internado em semi-UTI após ser agredido depois de assistir jogo do Brasil

Vítima de 19 anos voltava para casa, quando foi separar briga entre amigos e outro grupo, por volta de 0h desta quarta-feira (3). Caso é investigado na delegacia do Rio Vermelho.

Um jovem de 19 anos foi internado na unidade de terapia semi-intensiva do Hospital do Exército, após ser agredido em uma briga, na madrugada desta quarta-feira (3), no bairro de Ondina, em Salvador.

Segundo Ary Santana, pai de Cayan Lima Silva Santana, o filho assistia à partida entre Brasil e Argentina, pela Copa América, em um telão, no Bahia Othon Palace, antes da agressão.

De acordo com informações do pai, Cayan, que é estudante de Direito e do Núcleo Preparatório Oficiais da Reserva (NPOR) do Exército Brasileiro, saiu de casa para assistir ao jogo com alguns amigos. Testemunhas afirmaram que ele foi atacado ao tentar separar uma briga entre os amigos e um outro grupo.

“Eles agrediram meu filho com chutes, murros, pisaram nele. Mesmo depois de estar desacordado, chutaram a cabeça dele. Meu filho está em uma situação delicada, desfalecido, não reage”, disse Ary Santana.

Cayan Santana é estudante de direito e aluno do Núcleo Preparatório Oficiais da Reserva — Foto: Arquivo Pesoal

Cayan Santana é estudante de direito e aluno do Núcleo Preparatório Oficiais da Reserva — Foto: Arquivo Pesoal

Cayan foi socorrido e levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde ficou na unidade semi-intensiva. Durante a manhã desta quarta, o estudante foi transferido para o Hospital do Exército. Ele sofreu traumas na face e nos pulmões, e segue desacordado.

Segundo Ary Santana, os suspeitos de cometer o crime não foram encontrados. Ainda não há informações sobre o que motivou a briga entre os grupos.

A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado na Delegacia do Rio Vermelho.

Jovem foi transferido para o Hospital do Exército  — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Jovem foi transferido para o Hospital do Exército — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Vítima assistiu jogo do Brasil no Bahia Othon Palace — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Vítima assistiu jogo do Brasil no Bahia Othon Palace — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Compartilhar