‘Estou na Espanha batalhando investimentos’, diz Rui em resposta a Neto

"Tão importante quanto o 2 de julho são as famílias que estão ansiosas buscando uma oportunidade de emprego", disse o governador

O governador Rui Costa (PT) respondeu o prefeito ACM Neto (DEM), que declarou mais cedo que o governador “não faz falta nenhuma” nas comemorações de 2 de Julho, dizendo que estranha ele ter preferido ir para a Europa. Em entrevista ao Jornal da Bahia no Ar, o petista disse que está fora do país procurando investimentos estrangeiros.

“Eu estou aqui na Espanha batalhando por investimentos para que a Bahia ganhe liberdade com emprego e renda para o nosso povo”, declarou. “Tão importante quanto o  2 de julho são aquelas famílias que estão ansiosas, até desesperadas, buscando uma oportunidade de emprego. É importante hoje, no cenário de retração economica, apostar nos investimentos estrangeiros”, apontou.

Ele explicou que esse era o dia que os presidentes das empresas podiam recebê-lo. “Quando tem uma possibilidade de negociar com uma empresa e os presidentes dessas empresas podem nos receber, isso é tão importante quanto o 2 de julho. A independência também significa a independência dessas familias”, disse, se referindo aos desempregados.

O governador criticou também a forma que a reforma da Previdência está sendo apresentada ao povo pelo governo. “Eu acho que está se vendendo uma falsa ilusão ao povo brasileiro, como se todos os problemas do páis se resumissem à questão previdenciária. Outras reformas são tão ou mais urgentes, como a reforma tributária”, apontou.

Ele encerrou com uma crítica mais geral ao governo federal, dizendo que eles se preocupam muito com “picuinhas”. “São seis meses do governo e eles no mínimo podiam estar mais dispotos a ouvir e fazer menos retórica política. Tem muita gente cuidando da picuinha em vez de cuidar da gestão e gerar emprego para o povo”, afirmou.

Compartilhar