Polícia mata líder de facção BDM de Cachoeira em Itapuã

Ele seria responsável pela venda de cocaína no Recôncavo

Apontado pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) como líder de uma facção criminosa na cidade de Cachoeira, no Recôncavo da Bahia, Luís Carlos de Souza Santos, foi morto no final da tarde de segunda-feira (10) em confronto com a polícia em Salvador.

A SSP-BA divulgou nesta terça-feira (12) que Luís, conhecido com o Pai Lula de Cachoeira, possuía mandado de prisão e se escondia em Salvador.

Material foi apreendido no imóvel que Lulinha estava, segundo a SSP
Foto: Divulgação-SSP/BA

 

“Uma operação conjunta entre unidades das polícias Militar e Civil localizou o traficante, homicida e assaltante Luís Carlos de Souza Santos, o ‘Pai Lula de Cachoeira’. Chefe de uma quadrilha atuante na cidade de Cachoeira, Luís foi encontrado em um imóvel, no bairro de Itapuã. Ele possuía mandado de prisão em aberto e resistiu à ação policial atirando”, afirmou a SSP-BA.

Lula – que era a liderança do Bonde do Maluco na cidade e responsável por parte da venda de cocaína no Recôncavo –  foi atingido e socorrido para o Hospital Menandro de Faria, mas não resistiu.

Com Lula, segundo a SSP-BA,  foram apreendidos um revólver calibre 38, munições, 1 kg de maconha, porções de cocaína e uma balança.

Compartilhar