Transalvador lança campanha Maio Amarelo de prevenção a acidentes; veja programação

Este ano, as ações estarão voltadas para a diminuição de acidentes e mortes envolvendo motociclistas na cidade

Durante o Maio Amarelo, mês dedicado para chamar a atenção da sociedade aos números de acidentes e de mortes no trânsito, a Transalvador preparou uma programação em diversos segmentos. O objetivo é alertar sobre os dados registrados pelo órgão e buscar iniciativas para reduzir ocorrências.

Este ano, as ações estarão voltadas para a diminuição de acidentes e mortes envolvendo motociclistas na cidade. Dados mostram que, apesar da redução significativa nos números gerais de acidentes na capital nos últimos anos, o órgão já registrou um aumento de 50% deste número envolvendo motociclistas somente no primeiro trimestre deste ano, se comparado com o mesmo período de 2018, o que tem preocupado especialistas em trânsito.

Nesta sexta-feira (3), Mirian Bastos falará sobre boas práticas no trânsito para moradores da região de Itapagipe durante palestra em uma ação voltada para pedestres e ciclistas promovida pela Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Também nesta sexta, estreia o espetáculo teatral Depois de Um Acidente de Trânsito, no Teatro Sesi Rio Vermelho. A encenação será todas as sextas-feiras do mês, sempre às 20h. Escolas públicas e privadas começaram a receber o programa Condutores do Futuro, levando conhecimentos básicos de trânsito.

No dia 18, motoristas da Integra poderão levar os filhos para uma palestra sobre boas práticas no trânsito. Entre 20 e 23, estes motoristas participarão de palestras e cursos de reciclagem.

No dia 25, a Transalvador fará uma ação educativa voltada para motociclistas. O evento Vivo na Moto será dividido em sete partes – uma por mês até novembro, nas Prefeituras-Bairro. A primeira edição será no Subúrbio. A programação segue até 30 de maio, com uma palestra na Secretaria Municipal de Saúde.

Compartilhar