Terceirizados ameaçam paralisação para cobrar salários atrasados

Segundo o Sindicato do Trabalhadores em Limpeza e Terceirizados, funcionários terceirizados das empresas Creta e Surian, que atuam nos hospitais do estado, estão se mobilizando para paralisação por não estarem recebendo salários e os benefícios corretamente.

As atividades dos setores de higienização do Hospital Geral do Estado (HGE) e do Roberto Santos (HGRS) estão ameaçadas caso as empresas não regularizem os pagamentos.

Compartilhar