Otto sobre encontro para discutir reforma: “Foi uma conversa franca”

O senador foi um dos que participaram do ciclo de reuniões com o presidente Bolsonaro para tratar sobre a Previdência

O senador Otto Alencar (PSD) foi um dos que participaram do ciclo de reuniões com lideranças políticas na última quinta com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), no Palácio do Planalto. O baiano afirmou que a legenda da qual faz parte vai manter uma postura de independência em relação ao governo. “Não teve acordo nenhum por cargos, muito menos de reivindicação de ordem partidária ou pessoal. O que teve lá foi uma conversa franca a respeito das relações políticas do Palácio do Planalto com a Câmara e com o Senado. Que essa discussão de ideologia, se teve ou não golpe em 64, não resolve nada. Disse que é preciso resolver o programa de desenvolvimento econômico”, afirmou à Tribuna.

O parlamentar baiano afirmou que os comentários do presidente e de interlocutores sobre os congressistas não ajuda em nada na aprovação dos projetos do governo. “Falei com ele claramente que a beligerância, essa situação de querela e discussão de ordem pessoal não leva a nada. Falei francamente com ele. Disse à ele que o Congresso Nacional tem algumas matérias importantes, como a nova lei do setor elétrico e da nova lei das telecomunicações”.

Otto também defendeu que os avanços econômicos não devem ser condicionados exclusivamente à Reforma da Previdência. “Disse a ele que temos que sair dessa única e exclusiva chamada diária de Reforma da Previdência e encontrar uma saída para o desenvolvimento econômico com emprego e renda. E que, de alguma forma, que o tratamento com a classe política deveria ser um tratamento melhor, que essa situação de discussão não leva a nada. Disse à ele que nós do PSD vamos continuar de forma independente na base, que não queremos cargos na base do governo. Fui taxativo: disse ‘presidente, quero que o Brasil dê certo'”. Na reunião, estavam presentes Gilberto Kassab (PSD), Onyx Lorenzoni (DEM) e outros nomes da cúpula política nacional.

Compartilhar