Posto de saúde de Pernambués suspende atendimento após incêndio

Ninguém ficou ferido; consultas serão retomadas a partir desta terça (19)

Um princípio de incêndio na Unidade da Saúde da Família (USF) Professor Humberto Castro Lima, localizado na Rua Thomas Gonzaga, em Pernambués, assustou pacientes e a equipe médica, na manhã desta segunda-feira (18). Após as chamas, os serviços médicos foram suspensos, temporariamente, na unidade de saúde.

De acordo com funcionários da USF, era por volta das 7h40, quando o ar-condicionado do consultório 1005 pegou fogo, destruindo uma maca que estava no espaço. No momento em que as chamas começaram a destruir o aparelho, uma médica se preparava para atender uma paciente. As duas não ficaram feridas.

Segundo a gerente da unidade, Graciela Guimarães, momento antes do ar-condicionado pegar fogo, funcionários haviam percebido um cheiro forte de fumaça se alastrando por todo o espaço. Eles não conseguiram, no entanto, identificar onde estava o princípio do incêndio.

“A médica estava se preparando para a consulta quando as chamas começaram a se espalhar. Os funcionários utilizaram um extintor, mas como as chamas estavam altas, foi impossível contê-las. Aí tivemos que chamar o Corpo de Bombeiros”, disse a gerente da unidade.

Uma viatura do Corpo de Bombeiros chegou ao local minutos depois para controlar o fogo, segundo informações da gerente.  A unidade conta com quatro alas de enfermagem, quatro oncológicas e quatro médicas. Ao todo, 74 consultas médicas deixarão de ser realizadas nesta segunda-feira.

“Amanhã retorna o atendimento e vamos remarcar os atendimentos e remanejaremos os pacientes durante a semana”, garantiu a gerente.

Compartilhar