Ocupação hoteleira no interior do estado chega a 96% no Carnaval

Segundo a Setur, 1,4 milhão de turistas tiveram como destino o interior do estado.

Os principais destinos do interior da Bahia tiveram ocupação hoteleira de 96%. Segundo estimativas da Secretaria do Turismo do Estado (Setur), dos 2,2 milhões de visitantes esperados para o período da folia, 1,4 milhão tiveram como destino o interior do estado.

Em Mucugê, na Chapada Diamantina, os os 1,8 mil leitos de hotéis e pousadas estão ocupados. Já Lençóis, também na Chapada, possui quatro mil leitos. Segundo o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Anselmo Macedo, a média de ocupação hoteleira da cidade é de 97%.

Já em Maragogipe, no Recôncavo, também teve os cinco meios de hospedagem do município estão lotados. A expectativa local era receber cerca de 50 mil turistas, a maioria mineiros, cariocas, paulistas, sergipanos e brasilienses, habituais visitantes, bem como franceses e argentinos.

Sul do estado
Em Porto Seguro, onde estavam sendo esperados mais de 60 mil turistas, a ocupação hoteleira está em torno de 95%, segundo a Secretaria de Cultura e Turismo local. Já em Ilhéus, que possui 8 mil leitos, a taxa de ocupação dos hotéis projetada pelo Costa do Cacau Convention Bureau é de 100%. Pela cidade circulam cerca de 50 mil turistas, entre os que permanecem no local e os que estão apenas de passagem.

A média de ocupação prevista nos 160 meios de hospedagem de Itacaré durante o Carnaval é de 95%. Mais de 10 mil turistas são esperados na cidade durante o feriadão carnavalesco. No município de Cairu, Morro de São Paulo é o destaque. A taxa de ocupação hoteleira estimada está acima de 80%, devendo chegar a 100% na famosa ressaca do Carnaval.

Em Praia do Forte, meios de hospedagem como o hotel Porto Zarpa e a pousada Casa de Praia estão com 100% de ocupação. De acordo com o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, a ocupação hoteleira em alta é resultado de um esforço governamental que preparou a Bahia para bem receber os turistas.

Compartilhar