“Nossas crianças precisam ser patriotas”, diz Lorena ao defender Hino Nacional em escolas

A vereadora Lorena Brandão (PSC) defendeu a indicação do Ministério da Educação (MEC), que solicitou às escolas de todo país a execução do Hino Nacional para seus respectivos alunos. A orientação foi bastante polemizada no dia de ontem (25), quando o ministro Ricardo Vélez Rodríguez enviou através de e-mail o comunicado para as instituições de ensino contendo uma carta a ser lida antes do ato cívico.

“Nossas crianças precisam voltar a ser patriotas, ter o amor pela nossa nação. Isso foi esquecido nos últimos anos, mas agora celebro esta medida do Governo Federal. É um avanço para o restabelecimento do respeito e da educação nas escolas brasileiras”, disse Lorena, que é filha de militar, o bispo Átila Brandão de Oliveira.

Sobre as críticas que a medida recebeu, a vereadora disse não entender o motivo de setores da sociedade criticarem a execução do Hino. “Não entendo as críticas. O que há de errado em promover o amor ao Brasil? Me orgulho e me emociono todas as vezes que canto o Hino Nacional. Essas críticas são desculpas para ‘autopromoção’”, pontou.

Compartilhar