Salvador é a única do Nordeste entre as 10 cidades brasileiras mais visitadas

A quantidade de voos para a cidade em janeiro e fevereiro cresceu 4,6%

Quando o Verão começa é comum ver as ruas de Salvador lotadas de turistas. Até março, a estimativa da prefeitura é de que esse movimento seja 8% maior do que o registrado no mesmo período de 2018. Serão 3,7 milhões de turistas – cerca de 80% de brasileiros, sendo que 60% vêm do interior da Bahia e os demais, de outros estados ou países. Dados do Ministério do Turismo comprovam que a cidade é a única do Nordeste entre os 10 destinos mais visitados do Brasil. Em toda a Bahia, a estimativa do governo do estado é receber seis milhões de turistas.

A Vinci, concessionária que administra o aeroporto internacional de Salvador, informou que serão disponibilizados 25,9% a mais de voos extras em janeiro e fevereiro deste ano, na comparação com o ano passado. Em 2018, nesse período, foram 1.026 viagens extras, enquanto que em 2019 serão 1.292.

A quantidade de voos em janeiro e fevereiro cresceu 4,6%, saltando de 10,9 mil em 2018 para 11,4 mil viagens em 2019. A empresa não tem uma estimativa de quantos passageiros devem desembarcar no aeroporto, mas informou que, em janeiro e fevereiro do ano passado, 1,4 milhão de pessoas circularam pelo saguão.

Pelo mar virão outros 133 mil visitantes. Segundo a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), entre dezembro de 2018 e março deste ano, 38 navios cruzeiros devem atracar na capital.

Na semana passada, o governo do estado divulgou que até abril deste ano, Salvador vai receber 31 navios de cruzeiros, que vão trazer 100,4 mil visitantes. Até o dia 30 de janeiro, nove embarcações aportam no Comércio, vindas do Rio de Janeiro, Búzios (RJ) e Recife (PE).

Os principais destinos desses turistas após deixarem Salvador, neste primeiro mês de 2019, são Rio de Janeiro, Búzios, Ilhéus e Ilhabela (SP). Já no mês de fevereiro, seis embarcações atracam no porto da capital baiana. Em março está prevista a passagem de 11 navios e, no quarto e último mês da temporada de Verão, passageiros de cinco cruzeiros desembarcam na cidade.

A Agerba informou que, em média, são realizadas 300 mil viagens todos os meses no Terminal Rodoviário de Salvador, mas que no período de grandes festas, como o Carnaval, esse número pode chegar a 400 mil.  Os pedidos de horários extras acontecem sempre que as empresas comprovam demanda, por isso, o órgão não tem como precisar quantos horários serão criados nesta temporada.

Estrangeiros
De acordo com o Ministério do Turismo, em 2017, 5,8% dos turistas estrangeiros que estiveram no Brasil visitaram Salvador. A capital baiana ocupa a sétima posição, atrás de Rio de Janeiro (RJ), Florianópolis (SC), Foz do Iguaçu (PR), São Paulo (SP), Armação de Búzios (RJ) e Bombinhas (SC). Completam a lista Balneário Camboriú (SC), Itapema (SC), e Angra dos Reis (RJ).

Ainda segundo o Ministério do Turismo, a expectativa para as férias de 2019 é que São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Santa Catarina e Minas Gerais sejam os estados mais procurados pelos visitantes estrangeiros. Haverá aumento no turismo também no Rio Grande do Sul, Paraná, Ceará, Pernambuco e Goiás.

A maioria dos turistas que visitam Salvador vem da Argentina, Chile, Estados Unidos, Alemanha, França, Uruguai, Itália, Paraguai, Portugal e Espanha.

A principal motivação dos turistas internacionais ao visitarem Salvador é sol e praia. Outras motivações são a natureza, ecoturismo ou aventura; cultura; esportes; diversão noturna; e lazer relacionado a grandes eventos.

Homens são maioria (51,6%) e eles costumam viajar sozinhos. Segundo o Ministério, 31,5% dos estrangeiros que visitam Salvador vêm sem companhia. Casal sem filhos representam 27,8%, com família (25,4%), e com amigos (11,8%).

Compartilhar