Geomanta de 503 m² é entregue no bairro de Pau da Lima

Com investimento de R$ 75 mil, a obra vai beneficiar cerca de 290 famílias da região

Mais uma geomanta foi entregue na manhã desta quarta-feira (9), na Travessa Pituaçu, região do bairro de Pau da Lima. Com 503 m², a proteção, que foi construída devido ao alto risco de deslizamentos na área, beneficiará mais de 290 famílias. A obra durou cerca de 30 dias e foram investidos R$ 75 mil na construção.

Para a aposentada Josefa da Silva, de 73 anos, o ambiente, que antes era descuidado, se tornou limpo e mais seguro, principalmente nos períodos de chuva intensa. “Além de nos tranquilizar, é bom para a limpeza e para a saúde. Antes, eu ficava muito preocupada, como medo de desabar e acontecer uma tragédia”, conta.

Dona Josefa da Silva, 73, conversa com o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (Foto: Beto Jr)

De acordo com o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis, o trabalho oferece mais proteção aos moradores da região. “Muitas famílias que saíam de suas casas nos dias de chuva, por conta do risco de deslizamento, agora vão poder ter um sono mais tranquilo”, ressalta. Esta é a quarta geomanta entregue em 2019.

O agente comunitário Edson Moreira, 54, destaca, além da segurança, a valorização do espaço e da comunidade. Segundo ele, uma obra como essa aumenta a autoestima do morador, que passa a gostar mais do local onde mora.

“Isso ajuda a população a criar um estímulo maior. Valorizar o ser humano e a cidadania é sempre importante, pois isso intensifica as relações, diminui a violência e as pessoas se aproximam, aprendem a cuidar do bem comum”, justifica.

Segundo o diretor da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sosthenes Macedo, no caso da Travessa Pituaçu, foi identificado o risco de desabamento após análise da equipe técnica do órgão, além das solicitações feitas pelos moradores através do número 199. “A equipe faz a vistoria para ver a possibilidade de instalar, ou não, a geomanta. O tipo de solo, de inclinação, é uma soma de fatores”, explica.

Nesta quinta-feira (10), serão inauguradas mais duas geomantas no bairro de Pernambués. A meta para este ano, de acordo com o planejamento estratégico da atual gestão, é fazer 50 mil m² de obras deste tipo na cidade. Na capital, 152 áreas de risco já foram protegidas com o recurso.

Compartilhar