“Defendo o que está na Bíblia, e não o que está na moda”, diz Lorena Brandão

A vereadora Lorena Brandão (PSC) utilizou as suas redes sociais na manhã desta sexta-feira (4) para abordar, mais uma vez, o tema Ideologia de Gênero, que ganhou repercussão nesta semana com a declaração da ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, que disse que “menino veste azul e menina, rosa”.

Defensora da “Ideologia de Gênesis”, a que protege as crianças de ensinamentos sobre sexualidade em escolas e instituições de ensino, a vereadora disse não seguir o que “está na moda”. “Seja menino ou menina, criança só precisa ser criança. Defendo que a infância seja protegida, que a pureza seja preservada e que a educação seja prioridade acima de qualquer ideologia. Eu defendo o que está na Bíblia, não o que está na moda!”, publicou a socialista cristã.

“Não podemos admitir que seja instalada nas cabeças de nossos filhos metodologias de ensino como essa de gênero. É um absurdo. Nós, pais, precisamos fazer valer o que está na Constituição e opinar sobre a educação que é transmitida a eles pelos centros educacionais”, disse Lorena.

Compartilhar