Vereadora quer investigar aplicação de multas em Salvador: ‘estão metendo a mão’

Aladilce_dedo_em_riste_Bocao_News_rv

A vereadora Aladilce Souza (PCdoB) sugeriu, nesta quarta-feira (25), que a Câmara Municipal de Salvador (CMS) instaure uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar a aplicação de multas da Transalvador em condutores da cidade. De acordo com a comunista, “estão metendo a mão no bolso do povo”. “A Casa tem que ter clareza dos critérios. É cobrança demais”, acusou, na sessão desta quarta-feira (25). Em até 30 dias, a Transalvador vai implantar o Sistema de Talonário Eletrônico. De acordo com matéria do Bahia Notícias, a autarquia investiu R$ 28,8 milhões na contração de smartphones, tablets, servidores de gerenciamento e armazenamento do sistema de multa eletrônica da empresa Martins e Neri Ltda, por 48 meses. Ainda nesta quarta, o vereador Duda Sanches (PSD) foi eleito presidente da Comissão de Saúde da Casa Legislativa. Na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o posto de presidente da saúde é ocupado pelo pai de Duda, deputado Alan Sanches, também do PSD.

Compartilhar