Unidade de saúde de Pernambués é arrombada pela quinta vez este ano

Segundo SMS, postos de saúde foram alvos de 18 arrombamentos este ano

A Unidade de Saúde da Família Professor Humberto Castro Lima, em Pernambuezinho, foi arrombada no feriado do Natal. Os ladrões levaram um microondas do local e tentaram roubar também um dos compressores do consultório odontológico da unidade, mas não conseguiram. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde de Salvador (SMS), esta é a quinta vez que a USF foi arrombada este ano. Ao todo, foram registrados 18 arrombamentos em postos de saúde da rede municipal em 2018.

Ainda de acordo com a SMS, o Boletim de Ocorrência já foi registrado na delegacia do bairro e a gerência da unidade aguarda a perícia da Polícia Civil para retomar os atendimentos. Procurada, a Polícia Militar informou que não foi acionada para atender a ocorrência.

A SMS informou também que já solicitou à PM a intensificação da ronda no entorno do posto devido à vulnerabilidade da região. No horário de funcionamento, três policiais militares realizam a segurança do local por turno. Em nota, a PM informou que a 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pernambués), responsável pela área, irá intensificar imediatamente o policiamento na região, inclusive as rondas noturnas.

Essa não foi a única unidade de saúde da rede municipal que foi arrombada este ano. O primeiro lugar do ranking de ataques fica com a unidade de Pernambuezinho, a segunda posição é ocupada USF São José de Baixo, no Lobato.

Já o Centro de Saúde José Mariane, em Itapuã foi alvo três vezes, o Complexo Clementino Fraga, nos Barris, registrou uma ocorrência, o Centro de Saúde Mental Osvaldo Camargo, no Rio Vermelho, sofreu um arrombamento, a Unidade Básica de Saúde de Barreirinhas, na Estrada das Barreiras, duas vezes, a Unidade Básica de Saúde Rodrigo Argolo, em Tancredo Neves, também contabiliza duas ocorrênicas.

Compartilhar