Bellintani estabelece prazo de sete a dez dias para fechar com Gilberto

Prioridade do clube nesses dias iniciais de abertura de mercado, a renovação do atacante Gilberto, artilheiro do Bahia no Campeonato Brasileiro, já se aproxima do que se costuma chamar de ‘novela’.

No entanto, a saga já estaria chegando ao ponto final, de acordo com o discurso do presidente tricolor, Guilherme Bellintani. Em entrevista, o dirigente revelou que o Bahia estabeleceu prazo para concluir as tratativas para estender o vínculo do atleta.

“Está mais perto de uma definição, de renovar ou não. Diria que, apesar de não gostar de dar prazo, dentro de uma semana a 10 dias, se a gente não concluir a permanência dele, é a conclusão de que ele não ficaria”, afirmou.

Segundo Bellintani, o que tem deixado a negociação longa é um impasse no acerto financeiro. Entretanto, o Bahia, que trata outras renovações com mais paciência, quer decidir logo se fica ou não com Gilberto para se precaver do assédio de outros clubes. “A pressa só pode existir quando você quer muito um atleta e tem que acelerar o passo”, explicou o dirigente.

Promessa na Alemanha

Com convocações para a seleção brasileira sub-17, o lateral direito Douglas Torres, conhecido como Borel, já desperta interesse do futebol europeu. Recentemente, o garoto de 17 anos – que ainda não atuou pelo profissional, mas deve ganhar chances no ano que vem – realizou um período de treinamentos no Wolfsburg, da Alemanha, que fez sondagem por ele.

Bellintani, porém, afirmou que não há interesse do Bahia em vendê-lo num curto prazo – seu contrato vai até abril de 2021. A ida dele à Alemanha faz parte de uma estratégia de “internacionalizar o clube”. “Queremos que os principais clubes da Europa saibam do valor do Bahia e venham olhar nosso diferencial”, explicou.

Compartilhar