Santa Bárbara é homenageada com missa e procissão

Tríduo termina nesta segunda-feira (3)

Os devotos de Santa Bárbara, conhecida como a protetora contra relâmpagos e tempestades e a Iansã para o candomblé, celebram a festa da padroeira neste início de mês. O tríduo preparatório começou no dia 1º e será realizado até esta segunda-feira (3), às 18h, sempre na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no Pelourinho.

O dia 4 de dezembro (terça) é o grande dia festivo. Os fiéis farão uma alvorada às 5h, seguida de repique de sinos às 6h.

A missa campal será às 8h, presidida pelo capelão, padre Lázaro Muniz. Logo após a celebração eucarística, acontecerá uma procissão, que sairá do Rosário dos Pretos, passará pelas ruas Gregório de Mattos, João de Deus, Terreiro de Jesus, Praça da Sé e Ladeira da Praça.

Ao chegar ao Corpo de Bombeiros, na Barroquinha, os devotos farão uma parada para homenagear a padroeira da corporação e, logo depois, seguirão para a Baixa dos Sapateiros, Rua Padre Agostinho e Pelourinho.

Ainda amanhã, é tradição servir caruru na festa de Santa Bárbara. Para Nelson Cadena, tudo indica que essa tradição tenha sido incorporada à festa no século XX e representa o mais forte elemento ritual incorporado ao evento. Nos anos 80, um enorme caruru chegou a ser servido no calçadão entre o Taboão e a Baixa dos Sapateiros para cerca de 10 mil pessoas.

Compartilhar