‘Temos que correr pelos nossos torcedores’, afirma Nilton

Volante tricolor garante que o grupo está focado para o clássico de domingo (11)

Enfrentar o maior rival domingo (11), às 16h, no Barradão, será muito mais desafiador do que um simples jogo fora de casa para o Bahia na Série. Além de tudo que envolve o clássico em si, o estádio estará tomado apenas por rubro-negros na arquibancada, por se tratar de mais um Ba-Vi com torcida única por determinação do Ministério Público do Estado.

Apesar de não contar com o apoio ‘in loco’ da massa tricolor, o volante Nilton garantiu que o grupo está totalmente focado em conseguir um bom resultado e representar bem os torcedores que não poderão comparecer.

“Temos que procurar estar sempre concentrados e saber que por mais que vamos jogar na casa do adversário, temos que correr pelos nossos torcedores, nossos familiares”, avisou.

É bem possível que o camisa 19 seja o capitão do time no clássico, pelo menos tem sido essa a decisão de Enderson Moreira nas partidas em que Nilton inicia entre os 11. Independente disso, o experiente jogador de 31 anos é um dos responsáveis por passar tranquilidade aos mais jovens em um jogo cercado de expectativa.

“Esses jogos são sempre diferentes. Tive oportunidade de jogar clássicos conhecidos em todo lugar. Temos essa mistura de jogadores jovens com experientes. Temos que passar segurança, tranquilidade”.

Sobre a partida, Nilton descartou qualquer tipo de favoritismo por parte do Bahia e comparou a pressão que existe nas duas equipes que vivem momentos distintos na competição – Bahia é o 11º com 40 pontos e o Vitória é o 17º com 34.

“A gente acaba vendo que existe pressão da parte de lá. E nosso lado também existe. Não podemos transferir. O comprometimento tem que existir. Temos que respeitar o rival, mas temos totais condições de estar triunfando”.

Compartilhar