PM intensificará combate à boca de urna e apoio ao trânsito no domingo

Planejamento para 2º turno foi definido em reunião com o TRE-BA

Após reunião com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), a Polícia Militar definiu que irá intensificar o policiamento no combate à boca de urna e no apoio ao trânsito no segundo turno das eleições, que ocorrerá no domingo (28). Cerca de 19 mil policiais militares baianos estarão mobilizados em um esquema especial durante todo o final de semana. Eles trabalharão em todo o estado empregados na escolta das urnas, guarda das seções eleitorais e no policiamento ostensivo no dia da votação.

De acordo com a PM, um planejamento foi elaborado em cima dos pontos que foram considerados como “cruciais” no segundo turno. “A PM da Bahia estará com a atenção voltada para esses aspectos, de forma que a gente minimize ou acabe com essas questões, para que o pleito transcorra com tranquilidade”, disse o tenente coronel Santana após reunião com o TRE-BA na terça-feira (23).

A Operação Eleições foi deflagrada em 16 de agosto e finalizará na segunda-feira (29). “Diversas ações foram desencadeadas nesse período, desde o acompanhamento das manifestações políticas nos períodos de campanha até a guarda e a escolta das urnas eletrônicas nas zonas e seções eleitorais”, explicou, em nota, o departamento de comunicação da PM.

Os 9.576 locais de votação do estado terão patrulhamento no entorno e policiamento em uma distância de 100 metros das seções. Após o encerramento da votação, os materiais das urnas serão escoltados para os polos de informática ou para os cartórios eleitorais.

A mídia de votação será conduzida para os locais de apuração e transmissão de voto, que terá policiamento até o encerramento de todas as atividades, previsto para as 22h.

A prática de crimes eleitorais também será fiscalizada pela PM. Atos como propaganda de boca de urna, transporte clandestino de eleitores, tentativa de compra de votos, desordens nas seções, entre outros crimes serão acompanhados pela PM.

Compartilhar