“A delação de Palocci deve servir de alerta aos brasileiros”, diz ACM Neto

O prefeito classificou a delação do ex-ministro de governos petistas como estarrecedora

O prefeito ACM Neto (DEM) afirmou, nesta terça-feira (2), que a delação do ex-ministro de governos do PT Antonio Palocci deve servir de alerta para os brasileiros. Na colaboração, divulgada nesta segunda-feira (1), Palocci detalhou como era o esquema de aparelhamento da Petrobras e de captação de recursos irregulares para as campanhas da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

“A delação dele é estarrecedora. Era absolutamente impossível a gente vencer uma eleição para o PT enfrentando o abuso do poder econômico. Ele que foi um dos principais coordenadores das duas campanhas de Dilma, reconheceu e confessou que ela gastou R$ 600 milhões na primeira campanha e R$ 800 milhões na segunda”, comentou Neto.

O prefeito ressaltou que a grave crise econômica, social, moral e política enfrentada pelo Brasil foi ocasionada pelos governos petistas. “Eu acho que a delação dele deve servir de alerta para os brasileiros. Independente de qual venha a ser o resultado desta eleição, a gente não pode permitir que o PT volte ao poder. Exatamente em função dos abusos enquanto governou o Brasil”, disse.

Presidente nacional do DEM, ACM Neto ainda afirmou que o PT permitiu que a corrupção dominasse o poder público. “O partido do Petrolão, do Mensalão, é o PT. Se ainda havia alguma dúvida, depois da delação não há mais do que se questionar. Está claro o tamanho do assalto que o PT fez aos cofres públicos e ao cidadão brasileiro”, frisou.

Compartilhar