Dois morrem em ação policial que desmontou fábrica clandestina de armas

Submetralhadoras eram montadas e vendidas na fábrica

Equipes das Rondas Especiais (Rondesp) Leste desmontaram uma fábrica clandestina que montava e vendia submetralhadoras. Na ação, dois homens foram mortos em troca de tiros com a polícia. O flagrante ocorreu na tarde de domingo (30), na cidade de São Gonçalo dos Campos. Duas submetralhadoras e diversas peças para montagem dos armamentos foram apreendidas.

Os militares faziam abordagens em Feira de Santana quando flagraram um motociclista com uma submetralhadora em uma sacola. Durante depoimento incial o suspeito, que ainda não foi identificado, contou que comprou o armamento em um imóvel, no município de São Gonçalo dos Campos.

Chegando no local indicado, três homens reagiram à abordagem policial atirando. Um fugiu e os outros acabaram não resistindo aos ferimentos. Com eles os militares encontraram mais uma submetralhadora, uma espingarda calibre 12, diversos carregadores e peças utilizadas para fabricação daquele tipo de armamento.

A polícia continua as buscas ao suspeito que conseguiu fugir, que é conhecido pelo prenome de Osmar, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Compartilhar