Requalificação da pista principal do Aeroporto é iniciada; veja o que muda

Divididas em três etapas, intervenções vão até outubro de 2019

As obras de requalificação da pista principal do Aeroporto Internacional de Salvador começaram nesta quarta-feira (12) como parte das adequações ao Contrato de Concessão firmado com a Vinci Airports, que administra o terminal desde janeiro.

As intervenções foram divididas em três etapas e têm previsão de término para outubro de 2019. A primeira delas abrange os 900 metros finais da pista e acontece entre 7h30 e 17h30, não interferindo nas operações dos voos internacionais, que geralmente acontecem à noite.

Quanto aos voos domésticos, a Vinci afirmou que, por se tratar de aeronaves menores, o espaço que resta da pista nos horários das obras, ou seja, 2.100 metros, é suficiente para a circulação dos aviões. Em caso de voos domésticos com aviões de grande porte, cabe à companhia aérea adequar os horários de operação às obras.

A pista principal tem 3.003 metros de extensão e a primeira fase da requalificação deve terminar em janeiro de 2019 e contempla o recapeamento, melhorias no acostamento e na sinalização horizontal, ajustes na faixa de pista e implantação da área de segurança de fim de pista.

A segunda etapa vai acontecer entre janeiro e abril de 2019 nos 900 metros iniciais da pista principal. Já a última fase será entre maio e agosto do ano que vem e vai concentrar as atividades na parte central da pista. O cronograma de funcionamento da pista será divulgado posteriormente.

O Aeroporto de Salvador conta, atualmente, com a pista principal (10/28) e com a pista auxiliar, mais comumente usada por aeronaves não comerciais (17/35).

Segundo a Vinci, as companhias aéreas que operam no terminal foram comunicadas antecipadamente das intervenções e devem comunicar aos passageiros sobre possíveis alterações em horários de voos. As intervenções fazem parte do cronograma de obras previsto no Contrato de Concessão e a Vinci Airports vai gerir o equipamento pelos próximos 30 anos.

Até outubro de 2021, a Vinci vai realizar obras de requalificação do terminal. A primeira etapa abrange as três fases até outubro de 2019 e envolve ampliação e modernização do terminal de passageiros, mudanças no embarque e desembarque, modernização de banheiros e fraldários, melhorias na sinalização, instalação de novos sistemas de ar condicionado e ventilação, adequação na infraestrutura na área das aeronaves, entre outras melhorias.

A Vinci também pede que todos os passageiros com horários de pouso e decolagem no Aeroporto de Salvador fiquem atentos a possíveis mudanças, que devem ser comunicadas pelas próprias companhias aéreas.

Interdição total
Além das três fases da primeira etapa das obras, entre os dias 25 e 29 deste mês, a pista principal vai ficar totalmente fechada entre 2h e 6h para a realização de serviços de remoção de borracha e recuperação asfáltica, manutenção do sistema de balizamento e revitalização da sinalização horizontal.

Compartilhar