Empresa que vai supervisionar obras na Avenida Sete é selecionada

Requalificação tem custo previsto de R$ 17,5 milhões e vai durar um ano e meio

A Avenida Sete de Setembro e a Praça Castro Alves passarão por requalificação e nesta segunda-feira (3) foi publicado no Diário Oficial o resultado da licitação para contratação da empresa que vai supervisionar as obras. Pelo valor de R$ 969,5 mil, o Consórcio Supervisor ER Castro Alves foi o vencedor. A contratação da empresa é uma das exigências do Banco Intermaricano de Desenvolvimento (BID), que vai financiar as intervenções como parte do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur).

As obras de requalificação têm investimento de R$ 17,5 milhões, duração prevista de um ano e meio e serão executadas pelo Consórcio Nova Avenida Sete. A empresa para supervisionar os serviços é uma exigência por se tratar de um serviço complexo, que vai envolver serviços de arqueologia, inclusive. Nos próximos dias, o prefeito ACM Neto assinará a ordem de serviço.

“Vamos concluir ainda esta semana o censo dos ambulantes que atuam na região, para que, durante as obras, eles possam ser deslocados para outros locais e retornem com a conclusão. Esses ambulantes contarão, inclusive, com capacitação. Tudo está sendo feito com diálogo e parceria. Também já instalamos um escritório social na Rua Chile para tratar dos assuntos relativos às obras, que ficará aberto à comunidade de uma forma em geral”, explica o titular da Secult, Cláudio Tinoco.

São previstas quatro etapas para a obra. Estão previstos renovação do piso em pedra portuguesa, seguindo as características históricas originais, amplicação das calçadas, implantação de valas técnicas para implantação de cabos subterrâneos; criação de áreas de convivência; e colocação de piso tátil, além de rampas para acessibilidade.

Compartilhar