“Educar as pessoas nunca foi projeto do PT”, diz Alexandre Aleluia

“Os números da educação na Bahia refletem a degeneração que o petismo causou ao longo de 13 anos frente ao governo federal e nos 12 anos de governos desastrosos na Bahia. Estamos nos últimos lugares em português e matemática e isso não é sem motivo. Educar as pessoas nunca foi projeto do PT”, disse o líder do DEM na Câmara Municipal de Salvador e candidato a deputado estadual, Alexandre Aleluia.

O democrata afirmou que o distanciamento do ensino real para dar lugar à doutrinação ideológica tem relação direta com isso. “Não é surpresa que num estado dirigido por petistas tenhamos um nível tão ruim em português e matemática. Aprender essas matérias é uma imposição burguesa. Não importa, por exemplo, se o aluno escreve certo ou errado, se sabe ou não realizar operações matemáticas, ele precisa ser um revoltado. Mas acaba revoltado e analfabeto”, lamentou Alexandre Aleluia.

No ranking apresentado pelo Ministério da Educação e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as escolas estaduais baianas aparecem na 25ª posição (terceira pior colocação entre as 27 unidades da federação) nas notas de Matemática, com 243 pontos, atrás apenas de Amapá (242) e Pará (237).

Em Português, o estado apresentou o segundo pior resultado nacional, com 242 pontos, atrás do Pará, com 237. “Para resolver esse problema, é necessário não somente tirar Rui Costa do governo, mas demonstrar como é criminoso o modelo pedagógico que, como fim, somente produz analfabetos funcionais. Não é mero problema de gestão, mas de orientação ideológica do que deveria ser orientado tecnicamente”, comentou Alexandre Aleluia.

Compartilhar