Município aprova o aluno sem saber as quatro operações, diz Suíca

O vereador Luís Carlos Suíca (PT) resolveu atacar dessa vez o setor da educação da administração municipal capitaneada pelo prefeito ACM Neto (DEM). Em entrevista ao programa Balanço Geral da Manhã, da Record Bahia, o petista defendeu a revogação de um decreto que, segundo o edil, permite ao aluno da rede municipal de ensino ser aprovado para as séries seguintes sem que tenha aprendido o suficiente.

suica

“A Lei de Diretrizes de base do ensino público diz que a responsabilidade é do Estado e do Município, os primeiros nove anos são responsabilidades do município. Então, a prefeitura de Salvador pega um artigo da lei e aplica para não reprovar. A gente chama isso de progressão continuada, o menino chega ao ensino médio sem compreensão, sem saber as quatro operações e sabemos que as escolas precisam ter disciplina”, afirmou Suíca.

O vereador afirmou já ter procurado o atual secretário de Educação de Salvador, Guilherme Bellintani, e que vai buscar a suspensão do referido decreto. “Vários professores se preocupam porque isso não valoriza o trabalho do professor, como é que você vai passar um aluno que não aprendeu nada, só vai passar para dar satisfação, isso não é legal”, argumentou.

Compartilhar