Polícia investiga causa da morte de professora em Monte Santo

Vítima morreu uma semana depois de ser agredida durante uma briga

A Polícia Civil está investigando a causa da morte de uma professora do município de Monte Santo, no Nordeste do estado, ocorrida na quarta-feira (22). A morte de Rita Ramos dos Santos, 40 anos, virou caso de polícia porque ela foi agredida uma semana antes, durante uma briga com uma vizinha. A confusão aconteceu na quinta-feira (16).

Segundo o titular da Delegacia de Monte Santo, Elísio Ramos, a professora procurou um hospital após a confusão e, no dia seguinte, foi até a unidade para registrar queixa da briga. Depois disso, ela voltou ao hospital outras vezes. Testemunhas foram ouvidas, incluindo a agressora, mas as informações ainda não são suficientes para elucidar o caso.

“O motivo da briga foi ciúmes, mas não posso entrar em detalhes ainda porque estou aguardando o resultado da perícia para ter mais informações. Não sabemos se a morte tem relação com a briga. Somente o laudo vai nos dizer a causa da morte. Ele deve ficar pronto nas próximas semanas. Precisamos aguardar”, afirmou.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) é responsável pelo laudo do caso.

Compartilhar