Exporural começa com exposição de mais de 1.500 animais

Expectativa é de que 100 mil visitantes passem pelo evento no Parque de Exposições

A 19ª Exporural começa oficialmente neste domingo (12), no Parque de Exposições. Mas a cidade já pôde sentir o clima do evento durante uma cavalgada que reuniu cerca de 300 cavaleiros e amazonas na Orla da capital, entre o Jardim de Alah e Piatã, em um percurso de 18 quilômetros.

O encontro, na tarde desse sábado, que ocorreu pela 15ª vez, já virou tradição e marca a abertura da Exporural, que segue até o próximo domingo no Parque de Exposições. O aposentado Wedson Tiara, 58 anos, levou a família à orla. “Sou de Salvador e sempre tive vivência em fazenda, gosto muito de cavalos e tenho um haras. Não pude trazer os meus, mas tenho dez”, disse Wedson, que participou de todas as edições da cavalgada, mas neste ano ficou de fora.

A auxiliar de veterinário Carmelita Guerreiro, 26, era uma das poucas amazonas em atividade na orla. Ela estava montando o Lustroso 4×4, que, como ela diz, tem nome e sobrenome. Carmelita monta desde os 4 anos e diz que faz isso melhor que muito homem.

Carmelita Guerreiro é uma das amazonas que estiveram na cavalgada
(Foto: Marina Silva)

“É difícil ver mulher neste meio. Hoje em dia até tem mais mulheres que antes. Difícil é ficar com um namorado. Eles não aceitam, porque é um ambiente predominado por homens e aí não aguento a insegurança deles. Já tive que escolher entre a cavalgada e um namorado. Escolho os cavalos, sempre”, diz Carmelita.

Nesta edição, a Exporural vai receber 1,5 mil animais e aproximadamente 100 mil pessoas são esperadas nos oito dias de evento. Neste domingo, há uma programação voltada para  o Dia dos Pais em família.

Às 16h, Edílson Oliveira da Silva, que já foi Bozo e Chiquinho, leva o seu novo personagem, Ed Banana, para animar as crianças, com a apresentação Meu Pai É um Show. “Vamos reproduzir um programa de TV no palco, onde o artista principal é o papai, que vai participar de brincadeiras e competições”, diz Edílson.

Além dos passeios de charretes e de pônei, a feira tem agora a Arena Pônei, um ambiente mais seguro para a montaria das crianças. Para os adultos, uma atração neste domingo é a II Exposição de Cachaças do Nordeste, que tem ainda uma cozinha show. Em uma aula especial, os pais podem aprender a preparar drinques e um prato à base de jacaré, que tem a cachaça como  ingrediente principal.

Uma das tradições do mundo rural, o berrante fez barulho na orla
(Foto: Marina Silva/)

O Abutre’s Moto Clube vai promover o Festival Moto Rock Sangue Bom, um encontro de motociclistas vindos de vários estados, onde, com apoio da Hemoba, haverá coleta de doações de sangue e medula. Além disso, bandas de rock animarão os visitantes.

Os ingressos custam R$ 10 e a entrada é gratuita para crianças de até 10 anos e adultos com mais de 60 anos. Na segunda e na terça, o acesso é gratuito.

Compartilhar