Motorista invade prédio de escritório de app em Salvador e causa confusão

Policiais militares e bombeiros foram acionados depois que ele se pendurou no 22º andar

Um motorista por aplicativo entrou no prédio da empresa 99, na Avenida Tancredo Neves, e destruiu parte do escritório na manhã desta quarta-feira (1º). O  trabalhador foi até o local cobrar dívidas de corridas que não foram pagas pela empresa, segundo o Sindicato dos Motoristas por Aplicativos e Condutores de Cooperativas do Estado da Bahia (Simactter).

O incidente aconteceu por volta das 9h. Durante a confusão, o homem conseguiu sair por uma das janelas e se pendurar no 22º andar do prédio, por isso, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros precisaram ser acionados para conter o motorista.

Policiais da 35ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/ Iguatemi) chegaram no local às 9h10 e isolaram a área, enquanto os bombeiros convenciam o homem a retornar para dentro do prédio. Depois de alguns minutos, ele cedeu aos apelos, foi atendido por equipes do Salvar e encaminhado para o Hospital Mário Leal, no IAPI.

O presidente do Simactter, Átila Nascimento, disse que o sindicato vai acionar a 99 juridicamente. “Essa não é a primeira vez que recebemos reclamações dos trabalhadores em relação a 99 por problemas nos pagamentos das corridas. Nosso departamento jurídico vai acionar a empresa e tomar as devidas providências”, disse.

A empresa respondeu que adota “procedimento rigoroso e cuidadoso” na contabilização das chamadas e que corridas que apresentem indícios de irregularidade são “alvos de suspensão para averiguação” (confira posicionamento abaixo).

O nome do motorista, o estado de saúde dele e o nome do prédio onde aconteceu o incidente não foram divulgados.

Em nota, a 99 informou que o motorista procurou, presencialmente, a equipe de suporte do aplicativo e que foi preciso acionar a segurança. A empresa informou também que está em contato com o motorista para oferecer ajuda.

Confira o posicionamento da empresa na íntegra:
A 99 informa que o motorista procurou presencialmente a equipe de suporte do aplicativo em sua unidade de atendimento em Salvador (BA) na manhã de quarta-feira, dia 1º de agosto.

O condutor gerou um incidente de segurança no local, colocando em risco a sua própria vida e a de terceiros. O setor de segurança da empresa, com apoio dos Bombeiros, conseguiu acalmá-lo e controlar a situação.

A 99 mantém contato com o motorista para fornecer toda a ajuda e total apoio. A empresa se encontra aberta para colaborar com as autoridades e lamenta profundamente a situação.

A empresa esclarece que seu setor de segurança agiu em defesa da vida humana, tanto a do condutor quanto a de todas as pessoas que estavam no local, acalmando o usuário e controlando a situação com o apoio dos Bombeiros.

Sobre pagamentos de campanhas de incentivo a motoristas, a 99 informa que adota procedimento rigoroso e cuidadoso na contabilização das chamadas. Quaisquer corridas que apresentem indícios de irregularidade são alvos de suspensão para averiguação, conforme estabelecido no regulamento das promoções. Quando não são encontradas discrepâncias, o padrão é efetuar o pagamento até o dia seguinte da campanha.

Compartilhar