“Falta honestidade à APLB e a Hilton do PT”, diz Alexandre Aleluia

“A greve mantida irresponsavelmente pela APLB tem um fim político claro:  prejudicar a gestão do prefeito ACM Neto em favor do chefe deles, o governador Rui Costa, do PT. Não adianta Hilton Coelho negar o que é óbvio”, disse, nesta segunda-feira (30), o líder do DEM na Câmara Municipal de Salvador, vereador Alexandre Aleluia, ao tomar conhecimento da declaração do vereador do PSOL.

“O secretário da Educação Bruno Barral mostra-se um grande gestor; desde que assumiu vem inaugurando uma escola por semana, o que demonstra que ele mantém a qualidade da gestão da educação que é uma marca do prefeito ACM Neto”, apontou Alexandre Aleluia.

O democrata disse que a APLB, o PT e suas linhas auxiliares demonstram que não têm nenhum interesse em melhorar a qualidade do ensino.

“Eles querem manter essa greve até as eleições. Por que a APLB e o auxiliar do PT Hilton Coelho não cobram aumento dos professores estaduais a Rui do PT? Está claro que o viés é eleitoreiro, oportunista”, salientou o líder do DEM.

Alexandre Aleluia ressaltou ainda que o secretário da Educação Bruno Barral mostra agilidade e sensibilidade para negociar. “O que sobra é desonestidade e cara de pau da esquerda. E não podemos ceder diante de gente dessa estirpe. As pessoas de bem sabem quem realmente preocupa-se com a qualidade de ensino e quem só quer criar baderna, caos e tumulto”, reagiu Alexandre Aleluia.

No início da paralisação promovida pela APLB, o líder do DEM solicitou ao Ministério Público que investigasse a denúncia segundo a qual professores ligados ao sindicato teriam retirado alunos das escolas para que não ocorressem as aulas.

Compartilhar