Morre o radialista e apresentador de TV Waldir Serrão, o Big Ben

Nos anos 1970, Serrão comandou o programa O Som do Big Ben, na TV Itapoan, onde se apresentaram artistas como Jerry Adriani e Marcelo Nova

O radialista e apresentador de TV baiano Waldir Serrão, conhecido como Big Ben, morreu nesta sexta-feira (27) em Salvador. No rádio, ele apresentou, na década de 50, o Só Para Brotos, dedicado ao rock. Mas foi na TV Itapoan, de 1972 a 1984, que o radialista tornou-se muito popular, com o programa O Som do Big Ben, onde diversos artistas foram revelados. O enterro do corpo do artista contece neste sábado (28), no cemitério Quinta dos Lázaros, às 16h.

Na década de 50, ele teve uma banda de rock, a Waldir Serrão e seus Cometas. Ainda adolescente, promovia matinês de rock. Na época, também foi um dos fundadores do Elvis Rock Club, dedicado a Elvis Presley. A organização era formada pricipalmente por trabalhadores da indústria na Cidade Baixa.

No palco da atração, passaram músicos como Jerry Adriani e Marcelo Nova, além de  alguns artistas que mais tarde formariam os Novos Baianos.

Recentemente, Serrão vinha enfrentando problemas financeiros e viveu por um tempo no abrigo Lar São José, na Ladeira dos Bandeirantes, em Brotas. Na época, revelou ter diabetes e afirmou estar deprimido.

O prefeito ACM Neto lamentou a morte do apresentador. “A cultura da Bahia perdeu um pioneiro, uma referência na comunicação. Como apresentador, músico e produtor, Waldyr Serrão contribuiu para projetar muitos artistas da Bahia no Brasil e no mundo. Se hoje Salvador é considerada a Cidade da Música, este título muito se deve a Waldyr Serrao”, afirmou ACM Neto. “Que Deus dê força aos familiares e amigos de Big Ben neste momento de profunda dor”, concluiu o prefeito.

Ouça a canção O Crivo, na voz de Waldir Serrão

Compartilhar