Sem mandato, Geddel se coloca como uma “alternativa eleitoral” para 2018

geddel

Após especulações envolvendo o nome do ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, nas eleições de 2016 [eleição para prefeito e vereador], o peemedebista, em entrevista à Rádio Metrópole nesta quarta-feira (4), afirmou que é uma alternativa eleitoral para 2018. “Vou me preparar a partir de fevereiro para ser uma alternativa eleitoral para 2018”, declarou ele, que não aceitou ser assessor da presidência da Câmara de Deputados. Ano passado, Geddel foi candidato ao Senado Federal, mas perdeu a eleição para Otto Alencar (PSD).

Compartilhar