Bahia Farm Show já superou R$ 1 bilhão em negócios

Feira será encerrada neste sábado, em Luís Eduardo Magalhães

A Bahia Farm Show já realizou mais de R$ 1 bilhão em negócios. A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 08, pela coordenadora do evento Rosi Cerrato, durante coletiva à imprensa. O evento será encerrado neste sábado, 09, em Luís Eduardo Magalhães. “Esperamos que até amanhã (neste sábado) possamos superar o montante de negócios do ano passado [de R$ 1,5 bilhão]”, declarou.

Rosi Cerrato disse ainda que o evento, que foi adiado em uma semana por causa da greve dos caminhoneiros, deve sofrer um impacto no público deste ano, em relação ao ano passado. A feira, inicialmente, estava prevista para ser realizada entre os dias 29 de maio e 2 de junho. A data era estratégica para facilitar a ida de pessoas de várias regiões, pois no meio do evento ocorreria o feriadão de Corpus Christi (31 de maio).

Os organizadores do evento destacaram na coletiva o aumento de 20% no número de expositores em relação a 2017. Neste ano, foram 900 marcas oferecidas por 200 expositores. “Estamos muito felizes com o volume de negócios da feira. Isso mostra que o agronegócio, mesmo diante de tantos problemas recentes no país, tem força para investir e trabalhar para alavancar a economia nacional”, disse o presidente da Abapa, Júlio Busato, também presente na coletiva.

Leilão de gado nelore na Bahia Farm Show

O prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Oziel Oliveira (PDT), avaliou que a feira é um momento que aquece toda a economia regional, e disse que o município vem sendo beneficiado por meio dos repasses estaduais do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Só não soube dizer quanto a cidade arrecada com a feira. “O valor vem junto com os 25% de ICMS que o estado nos repassa. Essa conta eu não tenho agora”, disse.

Para o vice-presidente da Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Luiz Pradella, “o impacto da greve nos deixou apreensivos inicialmente, mas serviu para unir ainda mais as pessoas que fazem o evento”.

“Saímos fortalecidos porque houve uma aproximação entre a comissão organizadora e os expositores”, destacou. A internacionalização da feira, iniciada ano passado continua em ascensão, com a presença de países como Uruguai, Estados Unidos e Alemanha.

Presidente da Aiba, Celestino Zanella declarou que “estamos lutando e dando resultados. Em 2019 a Bahia Farm chegará aos seus 15 anos com uma maturidade formidável. Essa conquista é de todos que fazem a feira acontecer, todos os parceiros”.

A data prevista para a feira ser realizada em 2019 é entre os dias 28 de maio a 1º de junho. Como forma de oportunizar acesso democrático ao evento, neste sábado, a partir das 13h, os portões serão abertos ao púbico, sem cobrança de ingresso, cujo valor de R$ 15 cobrado nos dias normais da feira serão doados para entidades carentes.

Compartilhar