PM é sequestrado e morre após troca de tiros entre polícia e bandidos

Ele foi encontrado por policiais militares e socorrido ao hospital do Subúrbio, onde não resistiu

O cabo da Polícia Militar Jorge Luís da Hora, de 51 anos, foi assassinado a tiros na noite desta quinta-feira (07) na localidade conhecida “Casinhas do Boiadeiro”, nas proximidades do Parque São Bartolomeu, bairro de São João do Cabrito. Ele foi encontrado por policiais militares e foi socorrido para o Hospital do Subúrbio, onde não resistiu.

De acordo com a Polícia Militar o policial teve o veiculo roubado e estava em poder dos assaltantes, quando uma viatura da 14ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) ao chegar à localidade foi recebida por disparos de arma de fogo pelos indivíduos, que fugiram abandonando o veículo.

Policial trabalhava havia 24 anos na coorporação
Foto: Leitor

“Ao se aproximarem do local, os PMs observaram que havia um homem caído ao solo, ainda com vida. Em seguida, os militares socorreram a vítima para o Hospital do Subúrbio. Em apoio à ocorrência, policiais militares da Operação Gêmeos foram até o local do crime e encontraram a identificação policial do Cabo José Luiz. Na unidade hospitalar, o militar foi imediatamente atendido pela equipe médica, mas não resistiu aos ferimentos”, destacou a PM, em nota.

Não há informações sobre se o policial foi atingido por disparos feitos pelos bandidos ou pelos policiais da 14ª CIPM.  O cabo PM da Hora era lotado no Batalhão de Polícia de Guarda da Polícia Militar (BG) e integrava o quadro funcional da PM há mais de 24 anos. Ele deixa esposa e um casal de filhos.

Ainda não foram definidos pela família, o horário e o local de sepultamento. A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou que Força Tarefa da SSP está investigando o caso e que não há informação por enquanto.

Compartilhar