Banco do Nordeste adere ao Fies e financia cursos em até 80%

Com as mudanças no Fies, outras instituições bancárias passaram a participar do programa, além da Caixa

Com as novas regras do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) estabelecidas pelo governo federal, outras instituições financeiras passaram a oferecer o serviço, além da Caixa Econômica Federal. O Banco do Nordeste (BNB) informou que até o dia 8 de junho mobilizará os centros universitários para fazer esse tipo de negociação.

Na prática, quando o estudante acessar o site do Ministério da Educação (MEC), vai escolher a faculdade, o curso e o banco do financiamento. Esa é a primeira vez que a instituição vai oferecer financiamento estudantil e que os candidatos poderão financiar até 80% do curso.

“O estudante vai pagar 30% do valor da mensalidade mais os 20% que não são financiados, ou seja, 50% no total. O restante ele vai pagar depois da conclusão do curso”, afirma o agente de desenvolvimento do BNB, Gabriel Melo Salgado.

Esse modelo é uma alternativa para os candidatos que não se enquadram na modalidade I do Novo Fies, que permite o financiamento de até 100% do curso, a juros zero. Por isso, a dica é checar antes no site do MEC. Para ter direito ao financiamento do BNB, o candidato precisa escolher um curso que tenha avaliação positiva no MEC e possuir renda per capita familiar de até cinco salários mínimos.

Além disso, tem que ter participado de pelo menos uma edição do Enem a partir de 2010, com nota média igual ou superior a 450 pontos e não ter zerado a prova de redação. O Nordeste tem R$ 700 milhões em recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para o Fies. A expectativa é de que 70 mil estudantes sejam beneficiados.

Compartilhar